My Instagram

terça-feira, 2 de junho de 2009

O Sacrifício e a Intimidade com Deus

O princípio da vida com Deus é a obediência ‘melhor é o obedecer do que o sacrificar’. Isso não significa que o obedecer substitui o sacrifício material, mas o sacrifício sem a obediência não é aceitável diante de Deus. Em Deuteronômio tem um capítulo inteiro que fala sobre os benefícios da obediência (ouvir a Voz de Deus).

Este é o principio da nossa vida com Deus, é o que precede o cuidado de Deus para com seus filhos, assim somos por Ele guardados, dirigidos e honrados em tudo o que fizemos segundo a Sua vontade – conseguimos alcançar a Intimidade com Deus.

Já experimentei momentos que pelo fato de não conseguir vencer o meu eu (ansiedade, os impulsos, os prazeres circunstanciais, a comodidade, facilidades), sorrateiramente estava em estado de desobediência a Deus. Sem eu me dar conta disso, um pouco aqui, só hoje, só desta vez... depois eu faço, não é bem assim...e quando nos damos conta isso já torna-se algo natural. Mas para Deus isso era desprezível, triste pois por mais que Ele quisesse me conceder a honra não dava, Ele não via condições em fazê-la. O fruto de tudo isso é frustração, Deus não me ouve, não me atende...porque eu já fiz tanto, já sacrifiquei tanto (que aos meus olhos é impossível Deus não responder desta vez). E o destino de tudo isso é o desejo de desistir; é o caminho mais fácil (ficar na caverna).

Agora pensemos em Ananias e Safira, o que aconteceu com eles quando quebraram um voto com Deus?! Então eles caíram mortos, sem uma segunda chance. Algumas pessoas talvez pensem! Que bom seria se isso acontecesse consigo; pelo menos existe a possibilidade de ser salvo e não envergonhar o nome do Senhor Jesus; e não mais carregar a frustração de não vencer a si mesmo e ter uma vida escravizada pelas inspirações e armadilhas do diabo.

Mas uma coisa é certa, não é isso que Deus quer, não foi para isso que Jesus Cristo morreu por nós. Deus sacrificou seu filho Jesus Cristo por nós para que suas misericórdias venham sobre nós e assim tenhamos todos os dias uma nova chance. Ainda que você já disse várias vezes que não retrocederia mais; mas não conseguiu vencer o seu eu, mas Jesus diz se dê uma nova chance.Ele não quer que sejamos covardes, e nem orgulhosos; mas sim corajosos e humildes para nos colocarmos diante d’Ele e entregar nossas vidas, renovando nossos votos. Votos, votos da fé, sem precipitação mas com sabedoria , não votos pautados na emoção (direcionados pelas circunstâncias), mas votos pautados na fé inteligente que seja passível de cumprimento.

Para adorar a Deus... não coloquemos no altar de Deus somente sacrifícios materiais, mas o principal que é o espiritual, e isso nos conduzirá a uma intimidade diária com Deus.

Na fé, vivendo experiências gloriosas com Deus.

2 comentários:

  1. Nosso maior inimigo somos nós mesmos, nosso coração é enganoso, nossa carne só quer se entregar aos seus desejos. Com o sacrifício, matamos a carne, alcançando um novo nível de intimidade com Deus. Mto forte!!! Bjins

    ResponderExcluir
  2. Oi querida,

    Sacrificar é uma questão de salvação. Só os fortes e corajosos sacrificam...e só os fortes e corajosos herdarão o Reino dos Céus...

    O diabo já foi vencido quando Deus entregou seu filho Jesus como sacrificio por nós, mas o nosso eu é com a gente para que assim em nome d'Ele possamos possuir o que Deus criou para nós.

    bjinhos

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! God Bles You!